COGESC - Conferência Brasileira de Gestão da Saúde Corporativa

19 e 20 de Março de 2018

Hotel Golden Tulip Paulista Plaza| São Paulo / SP

55 (11) 3266-3591

Agenda Completa

09:00

Painel de Debates: Gestão da carteira de beneficiários

Conhecer efetivamente sua carteira de beneficiários é o ponto de partida para a criação de programas de promoção e controle da saúde corporativa.
Habitualmente, as empresas não possuem um mapeamento correto de suas carteiras, e os programas são geralmente focados nos titulares, e sabemos que os dependentes correspondem entre 1,5 e 2,5 vezes q quantidade de beneficiários.
Como efetivamente mapear, se comunicar e gerir esta carteira de beneficiários é o tema deste painel de debatas que contará com a participação de gestores de benefícios que conseguiram atingir excelentes resultados com este mapeamento.

- Paradigmas entre envelhecimento populacional e o aumento dos custos em saúde. Será de fato este o fator prevalente em aumento de sinistralidade?
- Ferramentas de mapeamento de perfil populacional
- Quais as melhores práticas para tratar os hiperutilizadores?
- Gestão da carteira de crônicos. Inovações, tendências e boas práticas
- Caminhos para conhecimento e interação com dependentes

(AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO)

(AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO)

(AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO)

 

MODERAÇÃO

(AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO)

10:15

COFFEE BREAK & NETWORKING

10:45

Caso de Sucesso: Ambulatório de atenção primária como ferramenta para Medicina Preventiva

Apenas nos últimos anos as empresas tiveram um aumento significativo nos custos com planos de saúde para funcionários e dependentes, e diante da necessidade das organizações reduzirem seus custos com assistência médica a medicina preventiva surge como uma importante saída.

Conheceremos um caso de implantação efetiva da atenção primária e quais os ganhos esperados e alcançados com isso.

Quais os maiores desafios no processo?Como engajar os titulares e dependentes?

- A Revolução do wellness junto à saúde suplementar.
- Prevenção na Saúde Corporativa
- Médico de família – Como implantar essa iniciativa nas organizações?
- A redução de custos e melhoria na saúde do paciente através da atenção integral à saúde
- Medicina preventiva como canal de promoção à saúde
Sistema de Gestão de Saúde: um modelo de promoção em saúde e prevenção de doenças

(AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO)

 

COMENTÁRIOS E CONTRAPONTOS

(AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO)

12:00

Exposição Interativa: Controle de custos em saúde corporativa

Uma das principais demandas dos gestores de benefícios e de saúde corporativa é, sem dúvidas, o controle dos custos com a saúde, e um dos principais ofensores do custo é a sinistralidade.

Neste painel, teremos a discussão de métodos efetivos para gerenciamento de custos em saúde, e ações de controle da sinistralidade.

Quais as alternativas adotadas pelas empresas, e qual a efetividade de cada uma destas ações?

- Controle do VCMH
- Elevação dos custos acima da inflação;
- Transparência na composição dos custo
- Limitação de serviços?
- Autorizações prévias para serviços de internação?
- 2ª opinião médica?
- Programas de doenças específicas?
- Reembolso com direcionamento para centros de especialidade
- Stop Loss
- Franquias

(AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO)

13:00

Almoço entre os Participantes

14:00

Painel de Debates: Qual o papel e efetividade das consultorias e corretoras

Cada vez mais, os gestores de saúde corporativa questionam o papel e responsabilidade de suas consultorias na gestão dos benefícios.
Um dos principais questionamentos é o valor de pagamento da consultoria por percentual do prêmio devido à operadora, e qual o compromisso da consultoria em reduzir este valor.

Com base neste cenário, quais são requisitos e desempenho esperado pelas empresas com relação ao serviço de consultoria?
Qual a efetividade de ação dos fornecedores e verdadeira demanda das áreas?

Em um debate aberto com a participação da audiência com comentários e contrapontos, abordaremos a efetividade de atuação das consultorias e qual a expectativa do mercado em relação a elas.

- Interlocução com operadoras dependente de consultoria
- Visão compartilhada sobre a gestão do risco corporativo
- Objetivos comuns
- Consultoria Estratégica de Saúde
- Relação de dependência
- Troca da carteirinha a cada 2,3 anos

(AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO)

(AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO)

(AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO)

(AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO)

15:30

COFFEE BREAK & NETWORKING

16:00

OFICINA INTERATIVA | Ferramentas de BI: Transformando dados em informação

Diariamente, um volume expressivo de dados são gerados pelas áreas que integram a saúde corporativa, mas frequentemente não são organizados de forma a gerar informação importante para a tomada de decisão como a formulação de campanhas preventivas ou outras ações centradas nos nichos de maior demanda e custo.

Habitualmente, o armazenamento destes dados é feito de forma caótica, em uma mistura de formulários em papel, relatórios de auditoria que ficam no fundo da gaveta, planilhas perdidas na rede e dados enviados por e-mail, que se perdem dias depois sem terem gerado nenhum conhecimento relevante.

A efetiva utilização das ferramentas de BI auxiliam os profissionais de saúde corporativa a tornar processos mais ágeis, reduzir falhas, eliminar custos desnecessários, além de melhorar a qualidade na gestão através de diagnósticos de causas/efeitos, estabelecimento de metas de desempenho e monitoramento de indicadores por meio de dashboards.

É preciso enxugar processos, automatizar tarefas, ser mais assertivo.

Sua empresa tem sistemas inteligentes ou meros repositórios de informações?

Traga suas dúvidas e experiências e vamos colocar em PRÁTICA em um painel divido em dois momentos:
 

PARTE 1 | CONCEITO E DEBATE

O líder trará a parte conceitual e prática atual do mercado e sua relevância para os participantes, dando um panorama sobre o cenário, desafios e perspectivas do tema em discussão.
Os temas serão debatidos entre os painelistas e participantes, como forma de aquecer e enriquecer ainda mais a dinâmica, a seguir

(AGUARDANDO CONFIRMAÇÃO)

 

PARTE 2 | HANDS ON

Na 2ª parte da oficina será realizada uma atividade ou dinâmica de forma pratica (hands on), trazendo soluções concretas para os problemas debatidos.

Apoiador Institucional